Atlas do Coração

O coração, nosso motor

Todas as células do organismo precisam de oxigénio e alimento para funcionarem. O veículo de transporte que faz chegar estas e outras substâncias às células é o sangue.

O sangue é produzido na medula e oxigenado pelos pulmões; viaja continuamente através de uma complexa rede de artérias e vasos sanguíneos que o fazem chegar a todas as partes do corpo.

O coração funciona como motor de todo este sistema, bombeando o sangue e as substâncias que este transporta, através das veias e das artérias.

.

A máquina cardiovascular e a viagem do sangue

.

ATLAS DO CORAÇÃO1. O sangue, carregado de oxigénio nos pulmões, chega à aurícula esquerda através das veias pulmonares.

.

2. O sangue passa para o ventrículo esquerdo, sendo daí bombeado para todo o corpo.

.

3. Quando o sangue regressa ao coração, já com pouco oxigénio, entra pela aurícula direita e sai pelo ventrículo direito para os pulmões, onde será oxigenado.

.

Esta máquina cardiovascular representa um circuito fechado e contínuo, no qual o sangue circula sempre no mesmo sentido: as artérias transportam o sangue oxigenado (ou arterial) para todo o corpo; as veias transportam o sangue venoso (já com pouco oxigénio), de volta ao coração.

.

.

Como bate o coração

As paredes do coração são revestidas por músculo — o chamado músculo cardíaco ou miocárdio. Este músculo contrai-se de forma automática, bombeando o sangue dentro do coração e para o seu exterior.

Cada batida corresponde a duas fases distintas:

 Como bate o coração 1

1.ª Fase — Diástole

Nesta fase os ventrículos estão relaxados. As válvulas entre as aurículas e os ventrículos abrem-se, para que o sangue “desça” das aurículas, enchendo os ventrículos. As válvulas de saída do coração (aórtica e pulmonar) estão fechadas. No final desta fase as aurículas contraem-se, bombeando o sangue para os ventrículos.

.

 Como bate o coração 2

2.ª Fase — Sístole

Na segunda fase, é a vez dos ventrículos se contraírem, empurrando o sangue para o exterior do coração. Esta contração é vigorosa e pode-se sentir, colocando a mão no peito, do lado esquerdo. As válvulas de saída do coração abrem-se deixando o sangue fluir para a artéria aorta e artéria pulmonar.

.

Em que situações o coração faz mais esforço?

Existem muitas situações que podem fazer com que o coração tenha que aumentar o ritmo das suas batidas. Por exemplo, esforços físicos, ansiedade ou stress. Nestas situações, quando o organismo precisa de mais alimento e oxigénio, o coração tem a capacidade de se adaptar, bombeando até quatro vezes mais sangue do que em estado de repouso.

  • Em repouso → são bombeados 5 litros de sangue por minuto.
  • Em esforço → podem chegar a ser bombeados 20 litros por minuto.

Geralmente, as situações acima descritas fazem com que a pressão arterial aumente temporariamente. No entanto, a pressão voltará a valores normais quando o corpo entra de novo em estado de repouso.

.

Principais factores de desgaste para o coração

O coração tem assim uma grande capacidade de se adaptar aos diferentes estados emocionais e físicos pelos quais passamos. No entanto, como todas as “máquinas”, sofre um desgaste de acordo com as situações a que é sujeito.

O stress, o tabaco, o colesterol, a hipertensão ou a obesidade são alguns dos mais importantes factores de desgaste para o coração e, como tal, representam uma maior risco de doença cardíaca.

.

doar

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone