Projeto Salva-vidas

A Fundação Portuguesa de Cardiologia, em parceria com a Senilife e os hipermercados Jumbo, promove o Projeto Salva-vidas, uma campanha pública de âmbito nacional de sensibilização para a morte súbita.

Este Projeto tem como objetivo equipar espaços com um fluxo significativo de pessoas com um Kit Salva-vidas, composto por formação em Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação, Desfibrilhador Automático Externo com reanimação de alta qualidade, licenciamento do PNDAE (programa de desfibrilhação junto do INEM) e formação de primeiros socorros. 

Para tal, nas parafarmácias dos hipermercados Jumbo poderão ser adquiridas Pulseiras Salva-vidas, pelo valor simbólico de 2€. Por cada grupo de 1500 vendidas as entidades promotoras do projeto oferecem um Kit Salva-vidas a uma entidade identificada desde o início das vendas das referidas pulseiras. 

 

Saiba mais sobre o Projeto Salva-vidas aqui

 

 

Dados estatísticos que retratem o problema 

  • Em Portugal, estima-se que todos os anos 10 mil pessoas sejam vítimas de morte súbita.
  • De acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 20 mil pessoas por dia, em todo o Mundo, são vítimas de morte súbita.
  • No nosso país, existe cerca de um desfibrilhador para cada 10 mil habitantes.
  •  Após uma paragem cardiorrespiratória, a vítima perde 10% de hipóteses de sobrevivência a cada minuto que passa. Ou seja, ao fim de cinco minutos sem assistência, a vítima tem apenas 50% de probabilidade em sobreviver.
  • O cérebro apenas sobrevive 3 a 5 minutos sem oxigénio. A reanimação cardiorrespiratória de alta qualidade aumenta em 2.72 vezes a probabilidade de sobrevivência do doente sem sequelas neurológicas.

 

 

 

Declarações sobre o Projeto Salva-vidas

 

“Esta iniciativa pretende realmente salvar vidas. O objetivo é dotar escolas e instituições dos conhecimentos e meios necessários, porque nos casos de paragem cardiorrespiratória cada minuto conta para a possibilidade de sobrevivência da pessoa.”

Prof. Doutor Manuel Carrageta

Presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia 

 

“Esta ação pretende que ao disponibilizar os desfibrilhadores a um maior número de população, se salvem mais vidas. Os beneficiários são os alunos, os trabalhadores, os desportistas, o público e os nossos filhos. Todos podemos salvar uma vida.”

Dr.ª Cristina Santos 

Diretora-Geral da Senilife

 

“Associamo-nos a esta iniciativa pela importância que assume, e enquanto concretização dos nossos compromissos com a comunidade, resultantes da Certificação em Responsabilidade Social de que o Grupo é detentor.”

Dr. Paulo Monteiro

Diretor da área de Nutrição, Saúde e Bem-estar do grupo Auchan (Hipermercados Jumbo)

 

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone