A importância do consumo de peixe

Nesta altura do ano, com os Santos Populares, o bom tempo e as férias em zonas costeiras, o consumo de peixe tende a aumentar, constituindo uma mudança sazonal positiva nos hábitos alimentares. O consumo de peixe deve ser privilegiado relativamente à carne, com os peixes gordos a merecer maior destaque. Sardinha, cavala, salmão, atum, arenque são peixes que devem integrar a nossa alimentação no mínimo 2 a 3 vezes por semana, pois constituem excelentes fontes animais de ómega 3.

O ómega 3 é um ácido gordo essencial na estrutura celular, no bom funcionamento cerebral e do restante sistema nervoso, e na regulação da resposta inflamatória, prevenindo a aterosclerose, reduzindo o colesterol LDL e aumentando o HDL, e diminuindo o risco de doenças cardiovasculares. Os peixes são ainda boas fontes de proteína, vitaminas do complexo B, fósforo, iodo, ferro e selénio. Peixes como a sardinha são ainda boas fontes de cálcio, devido às suas espinhas.

 

Joana Ferreira

Nutricionista Estagiária à Ordem dos Nutricionistas
Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone