Primeiro Kit Salva-vidas entregue a Escola em Lisboa

Publicado a 24 de janeiro de 2018

 

No âmbito do Projeto Salva-vidas, a Fundação Portuguesa de Cardiologia, em parceria com a Senilife e os hipermercados Jumbo, entregou ontem, 23 de janeiro, o primeiro Kit Salva-vidas à Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, em Lisboa.

 

Nesta sessão, que contou com a presença de representantes da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE) e da Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE), foram entregues os cartões de operacional de desfibrilhação aos seis professores e auxiliares que realizaram a formação em Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação e os cartões de socorrista aos doze professores e auxiliares que realizaram a formação em Primeiros Socorros. Destaque ainda para a entrega da mala de primeiros-socorros “Advance” e o Desfibrilhador com reanimação de alta qualidade.

Para Ana Sobral, uma das docentes que realizou a formação em SBV-DAE, “o equipamento entregue é não só uma mais-valia para a comunidade escolar, mas também para a comunidade envolvente”. Já a professora Paula Bandarra, que participou na formação de primeiros socorros, confessou ter sido “muito importante desmistificar o medo de atuar” realçando que “o importante é reagir e saber como fazê-lo”.

O Presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia, Prof. Doutor Manuel Carrageta, destacou que, todos os anos, 10 mil pessoas são vítimas de morte súbita em Portugal, o que pode ser minimizado com a disponibilidade de desfibrilhadores e de treino básico de vida na comunidade. Cristina Santos, Diretora-Geral da Senilife, frisou, por isso, que “as pessoas precisam de saber fazer suporte básico de vida nos seus locais de trabalho e em casa”, sublinhando que “o direito de sermos reanimados passa pelo dever de sabermos reanimar.

Regina Sequeira Carlos, representante da ARS Lisboa e Vale do Tejo, felicitou os promotores do Projeto Salva-vidas pelo primeiro Kit Salva-vidas ter sido atribuído a uma Escola “pois é pela educação dos jovens que devemos começar”, destacando ainda o facto de as formações serem dirigidas não só a professores, mas também aos auxiliares, que diariamente são os mais próximos dos alunos.  

Cristina Pessoa, da DGEstE, acredita que o “a comunidade escolar ficará mais enriquecida com este projeto”, esperando que este Kit Salva-vidas seja o primeiro de muitos a ser entregue nas escolas portuguesas. Também Maria João Ferreira, da DGAE, acredita que esta é “uma aposta de futuro”, parabenizando os promotores pela visão preventiva deste projeto.   

O Projeto Salva-vidas é uma campanha pública de âmbito nacional de sensibilização para a morte súbita. Atualmente, as vendas das Pulseiras Salva-vidas decorrem em dezoito hipermercados Jumbo. Para Paulo Monteiro, Diretor do Programa Vida Saudável do grupo Auchan, “a adesão da insígnia Jumbo a esta iniciativa, tão meritória, representa a materialização prática do compromisso com a saúde dos habitantes das comunidades nas quais as nossas lojas se inserem”.

Para saber mais clique aqui.

 

Veja todas as fotos desta sessão aqui

Momento da colocação do Desfibrilhador Automático Externo na Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho.

 

Momento da entrega dos cartões de operacional de desfibrilhação e cartões de socorrista

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone