Mais de metade dos portugueses desconhece os seus níveis de colesterol

Publicado a 20 de abril de 2018 

A Fundação Portuguesa de Cardiologia apresentou esta quarta-feira, dia 18 de abril, o estudo “Os Portugueses e o Colesterol”, na Sessão Solene de Abertura do Mês de Maio – Mês do Coração no Palácio Foz.

Os resultados mostram que cerca de 58% dos portugueses não sabem os seus níveis de colesterol. Este desconhecimento é muito expressivo entre os jovens e diminui largamente com a idade. O estudo revela ainda que a quase totalidade da população (94%) rejeita a importância da prática regular de exercício físico na diminuição do colesterol elevado e 90% acredita que as pessoas magras não têm de se preocupar com o colesterol.

O Presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia, o Prof. Doutor Manuel Carrageta, revela-se preocupado com os resultados desta pesquisa e adianta que “compete aos profissionais de saúde sensibilizar a população para a importância de controlar o colesterol e desenvolver campanhas que expliquem o impacto dos níveis elevados de colesterol na saúde”.

Outra das conclusões do estudo refere-se ao facto de 47% dos portugueses acreditarem que alguns suplementos alimentares são mais benéficos na redução do colesterol quando comparados com as estatinas, fármacos prescritos por receita médica.

Este ano, a Fundação escolheu como problemática para a campanha de maio, mês do coração, o ‘Colesterol, as Dislipidemias e Aterosclerose’.  A Sessão Solene de abertura tem como principal objetivo assinalar o início das comemorações e apresentar o programa das atividades que irão ocorrer no âmbito desta iniciativa.

O estudo “Os Portugueses e o Colesterol” foi realizado pela GfK Metris, em março de 2018, a uma amostra de 1000 indivíduos com idade igual ou superior a 18 anos, residentes em Portugal Continental.

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone