Leguminosas

Chamam-se leguminosas aos grãos produzidos nas vagens, como o feijão, o grão-de-bico, as lentilhas, as ervilhas, as favas e a soja. Podem ser consumidas frescas ou depois de secas, factor que influência a sua composição nutricional.

 

Podermos destacar vários benefícios para a saúde associados à sua composição nutricional: são excelentes fornecedoras de proteína de origem vegetal, são ricas em hidratos de carbono complexos e em fibra alimentar. Contêm também teores bastante interessantes de alguns micronutrientes, como o ácido fólico, potássio, cálcio, ferro e magnésio. Por outro lado, são pobres em gordura, nomeadamente saturada e não contêm colesterol.

 

De realçar que nestes alimentos a conjugação da fibra e dos hidratos de carbono complexos, promovem uma digestão mais lenta e uma maior saciedade. Deste facto resulta um melhor equilíbrio na obtenção de glicose e na sua passagem para a corrente sanguínea, muito importante no controlo das glicemias.

 

O consumo de leguminosas deve ser diário, o que não será difícil, tendo em vista o seu potencial de utilizações culinárias como nas saladas, pratos principais, acompanhamentos e claro nas sopas!

 

Elsa Feliciano

Assessora Nutrição FPC

 

 

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone