IRS pode fazer bem ao Coração

Quando preencher o IRS deste ano, atribua 0,5% do imposto que o Estado lhe retém à Fundação Portuguesa de Cardiologia.

Para tal, basta colocar no quadro 11 uma cruz (X) à frente de “Instituições particulares de solidariedade social ou pessoas coletivas de utilidade pública” e indicar, no campo 1101, o NIF da Fundação Portuguesa de Cardiologia – 500 936 994.

.

 

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone