Dia Nacional do Não Fumador: o que deves saber para não ficares preso a este vício

.

Querem fazer-te crer que fumar é fixe. Não é!

Causa dependência como outra droga!

Tira-te energia! Parece dar, mas depois tira!

Causa doença do coração, da circulação, dos pulmões. Causa cancro.

E se em criança estiveste em contacto com fumo no teu ambiente, ainda pode fazer pior!

 

Descarrega o folheto informativo e o cartaz desta campanha.

 

 

NÃO FIQUES PRESO A ESTE VÍCIO 

O tabagismo é responsável por mais de 8000 mortes em Portugal, das quais cerca de 4000 por doenças cardiovasculares, 2000 por cancro do pulmão e as restantes por enfisema do pulmão e cancro noutros órgãos.

Embora a opinião pública esteja mais sensibilizada para associar o tabagismo à ocorrência de cancro, a verdade é que, devido ao tabaco, morrem mais pessoas por doença cardiovascular do que por cancro. De facto, mais de um terço das mortes por doença cardiovascular é devido ao fumo do tabaco.

 

 

MALEFÍCIOS DO TABACO NA SAÚDE CARDIOVASCULAR

A nível cardiovascular, o ato de fumar provoca uma série de reacções fisiológicas, entre as quais:

  • aumento da tensão arterial, de 10 a 20 mmHg, e da frequência cardíaca de 15 a 25 pulsações por minuto, o que acelera os processos de envelhecimento e o desenvolvimento de doenças cardiovasculares;
  • eleva os níveis de adrenalina, causando vasoconstrição (estreitamento das artérias) e agregação das plaquetas sanguíneas (pequenas células que têm o papel de combater as hemorragias), o que torna o sangue mais viscoso e com tendência a formar coágulos, nomeadamente das coronárias;
  • aumenta muito a libertação de radicais livres que provocam a oxidação do colesterol das LDL, um passo crítico que transforma as partículas de LDL em variantes mais patológicas que agridem a parede arterial, dando início ao processo de aterosclerose;
  • reduz as HDL (o colesterol bom que remove as LDL da parede arterial), não só aumentando o risco cardiovascular como diminuindo a respectiva protecção, ao não limpar a parede arterial das LDL.

Não admira pois que no Physicians Health Study, um importante estudo da Universidade de Harvard, envolvendo 22 000 médicos, se tenha verificado uma duplicação do risco de ataque cardíaco e de acidente vascular cerebral e um aumento de cinco vezes do risco de morte súbita nos fumadores.

No estudo InterHeart o risco de doença cardiovascular aumentou três vezes com a exposição ao fumo do tabaco e, mesmo nas pessoas que fumam pouco, causou uma grande número de ataques cardíacos.

 

 

ALGUNS FACTOS

 

  • O tabaco é a primeira causa de doença possível de se prevenir.
  • Por cada cigarro fumado perdemos em média 8 minutos de vida.
  • No total, um homem fumador está a arriscar perder cerca de 13 anos de vida, enquanto uma mulher perde cerca de 15 anos de vida.
  • O tabagismo é responsável por mais de 8000 mortes em Portugal, das quais cerca de 4000 por doenças cardiovasculares
  • Devido ao tabaco, morrem mais pessoas por doença cardiovascular do que por cancro.
  • Mais de um terço das mortes por doença cardiovascular é devido ao fumo do tabaco.
  • Os fumadores têm 2 vezes mais probabilidade de ter um ataque cardíaco e um acidente vascular cerebral e 5 vezes mais probabilidade de sofrer uma morte súbita.
  • O risco de doença cardiovascular aumenta 3 vezes com a exposição ao fumo do tabaco e, mesmo nas pessoas que fumam pouco, causa um grande número de ataques cardíacos.
  • 90% dos fumadores começaram a fumar antes dos 19 anos.
  • Quase todo o primeiro uso de tabaco surge antes do fim do liceu ou escola secundária.
  • Os fumadores adolescentes têm mais probabilidade de ter ataques de pânico, ansiedade e depressão.
  • De acordo com autoridades de saúde americanas, os adolescentes que fumam têm 3 vezes mais risco de aderir ao álcool, 8 vezes mais probabilidade de fumar erva (marijuana) e 22 vezes mais de usar cocaína.
  • Cerca de 30% dos fumadores adolescentes vão continuar a fumar e vão morrer mais cedo e mais doentes, com uma doença relacionada com o tabaco.
  • As outras formas de fumar, hookah e shisha, mesmo o cigarro eletrónico, contêm elevadas concentrações de tóxicos, como o monóxido de carbono, a nicotina, alcatrão, metais pesados e, no caso dos eletrónicos, o propileno glicol, tão ou mais elevadas que no tabaco.
  • No mundo, aproximadamente 1,5 milhões de pacotes de tabaco são comprados por menores, todos os anos. 
  • Cerca de 1 milhão de toneladas de beatas acabam anualmente como lixo tóxico, fazendo dos cigarros o item de lixo mais abundante no mundo.

 

 

RÁPIDOS BENEFÍCIOS AO DEIXAR DE FUMAR

  • Ao fim de 20 minutos, a pressão arterial e a frequência cardíaca começam a normalizar e a temperatura das mãos e pés volta ao normal
  • Às oito horas, os níveis de monóxido de carbono normalizam
  • Às 24 horas, o risco de doença cardiovascular começa a diminuir
  • Ao fim de duas a três semanas, a circulação melhora e o risco de enfarte agudo do miocárdio continua a diminuir e há ainda uma melhoria de 30% da função pulmonar
  • Ao fim de um a nove meses, a falta de ar e a tosse diminuem, bem como as alergias e as infecções respiratórias
  • Ao fim de um ano, o risco de ataque cardíaco desce para metade
  • Aos cinco anos, o risco de ataque cardíaco e de acidente vascular cerebral torna-se igual ao de uma pessoa que nunca fumou
  • Aos quinze anos, o risco de cancro do pulmão é praticamente igual ao dos não fumadores

 

 

NÃO FIQUES PRESO A ESTE VÍCIO

Só perdes tempo, saúde e dinheiro.

Faz-te à vida com humor, determinação, força, ecologia e desporto!

 

 

Elaborado por:

Prof. Doutor Manuel Carrageta 

Cardiologista

Dr. José Reis Ferreira

Peneumologista

 

 

Bibliografia/Webgrafia:

ABC News Network. “Study Links Smoking to Anxiety Disorders.” ABC News. http://abcnews.go.com/Health/story?id=117838 (accessed July 22, 2014).
Carlozo, Louis R. “Cigarettes: 1.7 billion pounds of trash.” Chicago Tribune, 2008.
“Got A Match?.” NIDA for Teens. http://teens.drugabuse.gov/educators/curricula-and-lesson-plans/mind-over-matter/tobacco-addiction/got-match (accessed July 22, 2014).
Centers for Disease Control and Prevention. “Fast Facts.” Centers for Disease Control and Prevention. http://www.cdc.gov/tobacco/data_statistics/fact_sheets/fast_facts/ (accessed July 22, 2014).
Centers for Disease Control and Prevention. “Youth and Tobacco Use.” Centers for Disease Control and Prevention. http://www.cdc.gov/tobacco/data_statistics/fact_sheets/youth_data/tobacco_use/index.htm (accessed July 20, 2014).
 “Children and Teens – American Lung Association.” American Lung Association. http://www.lung.org/stop-smoking/about-smoking/facts-figures/children-teens-and-tobacco.html (accessed July 20, 2014).
 “HEALTH HARMS FROM SMOKING AND OTHER TOBACCO USE.” Campaign for Tobacco-Free Kids. http://www.tobaccofreekids.org/research/factsheets/pdf/0194.pdf (accessed July 22, 2014).
 “Underage Smoking Statistics.” Statistic Brain RSS. http://www.statisticbrain.com/underage-smoking-statistics/ (accessed July 22, 2014).

 

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone