Sabia que a hipertensão arterial (HTA) é mais frequente nas pessoas que têm um nível de escolaridade mais baixo

 

 

Com o primeiro Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico realizado em 2015 pelo INSA (Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge) foi possível recolher-se informação valiosa sobre o estado de saúde e dos cuidados de saúde dos portugueses. A tensão arterial foi um dos parâmetros avaliados e ficou definido como sendo hipertenso os indivíduos que apresentassem uma tensão arterial superior a 140/90 ou que estivessem a fazer medicação para a tensão nas duas semanas anteriores à entrevista. Os resultados mostraram que a hipertensão arterial (HTA) é mais frequente nas pessoas que têm um nível de escolaridade mais baixo. Mais de metade (62,6) dos portugueses que têm apenas o 1º ciclo ou não têm escolaridade, são hipertensos. Ao contrário, só 15,5% dos portugueses que têm ensino superior têm hipertensão.

Estas diferenças não acontecem ao acaso, as diferenças são fruto de um problema de saúde pública que se chama “Iliteracia em Saúde”, falta de conhecimentos considerados básicos em saúde.

 

Dr. Luís Negrão

Assessor Médico da FPC

 

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone