Sabia que…

A tensão arterial é a força que o sangue faz quando circula no interior das nossas artérias e veias. Quando o coração se contrai (sístole) a pressão é grande (chamada máxima ou sistólica)e quando o coração se descontrai (diástole) a pressão é mais baixa (chamada mínima ou diastólica). Pense num carro avariado que está a empurrar para subir uma ladeira. Quando faz força para subir é a pressão máxima ou sistólica, mas quando descansa tem que fazer alguma força para que o carro não volta para trás, então é a pressão mínima ou diastólica.

Uma tensão arterial normal vai até 129/84. Esta é a que todo o médico gostaria que o seu doente tivesse, mas como o ótimo é inimigo do bom, aceita-se como normal alta uma tensão até 139/89. Esta é aquela tensão que é “resvés Campo de Ourique” usando uma gíria popular. Qualquer tensão superior a 140/90 já é considerada elevada. Sabemos que quando estamos mais ansiosos, quando andamos mais tenso, mais irritadiços, a nossa tensão pode subir para valores superiores aos considerados normais.

Hipertensão é quando a nossa tensão arterial anda sistematicamente com valores superiores a 140/90.

Se isso acontece consigo, registe a sua tensão e fale com o seu médico assistente. Manifeste a sua preocupação. Não desvalorize um fator de risco tão importante como a hipertensão arterial.

 

Dr. Luís Negrão
Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone