O papel do médico de família na prevenção das doenças cardiovasculares

O perfil profissional do médico de família coloca-o numa posição chave na prevenção das doenças cardiovasculares ou outras.

Ao não ter um foco exclusivo na doença, o médico de família cria um espaço de intervenção propício à promoção da saúde e à prevenção da doença.

O conhecimento que o Médico de Família tem do contexto biopsicossocial de cada um dos seus pacientes, bem como do seu entorno familiar e comunitário, permite-lhe avaliar mais detalhadamente os riscos e os recursos disponíveis e assim planear melhor as suas intervenções, de acordo com a estratificação efectuada.

Sendo a área cardiovascular aquela que tem um maior peso na actividade do Médico de Família, quer pela multiplicidade dos factores de risco, quer pela prevalência de doença, é também aquela onde a intervenção do Médico de Família, controlando esses factores de risco e iniciando precocemente o tratamento da doença, pode ter resultados positivos e significar o salvar de muitas vidas.

 

Dr. Eduardo Mendes

Médico de Clínica Geral

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone