O “bom colesterol” e o “mau colesterol”

O colesterol desempenha funções muito importantes no organismo, mas é essencial que se encontre dentro dos limites adequados. É composto por varias frações, mas de forma grosseira podemos dizer que o colesterol HDL é o “bom colesterol” e o LDL o “mau colesterol”.

A quantidade de colesterol no sangue é influenciada pela produção hepática e pelo estilo de vida, nomeadamente a alimentação, pelo que, a correção de hábitos deve ser uma das primeiras medidas a instituir.

O colesterol LDL é influenciado pelo consumo de produtos ricos em gordura saturada, nomeadamente a proveniente das carnes vermelhas e da gordura dos lacticínios e pelas gorduras trans, presentes em alimentos produzidos com gorduras hidrogenadas ou submetidos a temperaturas elevadas como a da fritura.

No caso da fração HDL, é benéfica a ingestão de ácidos gordos ómega 3, preferencialmente de origem marinha, as gorduras vegetais, sementes e frutos oleaginosos como as nozes ou amêndoas.

Em traços gerais, é importante diversificar, preferir os lacticínios magros, reduzir a frequência e quantidades de carnes vermelhas, sobretudo vaca, borrego e cabrito, e consumir mais peixe e carnes brancas. É fundamental aumentar o consumo diário de legumes, na sopa e a acompanhar as refeições e também de fruta. Privilegiar o consumo de cereais integrais e leguminosas.

Elsa Feliciano

Assessora Nutrição da FPC

Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone