Fundação Portuguesa de Cardiologia assina protocolo de cooperação com Continente

Publicado 7 de dezembro de 2017

 

Dias após o chumbo da “taxa do sal” na Assembleia da República, três Entidades estabeleceram um protocolo de cooperação com o Continente, subscrevendo o seu compromisso de promover uma alimentação saudável e disponibilizando-se para trabalhar em conjunto no melhoramento dos produtos da insígnia retalhista.

A Associação Portuguesa de Celíacos, a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal e a Fundação Portuguesa de Cardiologia assumem, assim, a dianteira na resposta à necessidade de se disponibilizarem produtos mais saudáveis, com menos açucares, menos gorduras e menos sal, mas, também, produtos para consumidores com necessidades nutricionais especificas.

A assinatura dos protocolos decorreu no dia 28 de novembro de 2017, no Mercado da Ribeira, em Lisboa, numa ocasião que serviu, também, para o Continente anunciar algumas medidas que está já a implementar para promover uma alimentação saudável.

O destaque vai para a reformulação e requalificação de 36 produtos de marca Própria Continente, nomeadamente, nas categorias de lacticínios, bebidas, bolachas, sobremesas, compotas e snacks salgados, mas também, para o semáforo nutricional dos seus produtos, que permite aos consumidores saberem o que devem consumir mais ou menos.

Em evidência ficou também o trabalho que tem sido feito em termos de melhoramento de receitas, nomeadamente, a eliminação de gorduras hidrogenadas e açucares, assim como a redução do teor de sal em algumas referências.

 

Dr.ª Elsa Feliciano, Assessora de Nutrição da Fundação Portuguesa de Cardiologia (à esquerda) no momento da assinatura do protoloco
Partilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone